Working middle class hero

O crachá ostentação da firma (antes objeto de orgulho visível fora da camisa ao andar pela Vila Olímpia) carregava o peso da ilusão no pescoço.

Notícias sobre “reformas” trabalhistas, spams do Boston Medical Group e diversos boletos para apenas um salário o desanimavam.

Almeida estava velho para protestos pacíficos aos domingos.  

Mas mesmo assim, decidiu agir.

A revolução não seria televisionada. Sua tática gramsciana iria lentamente minar as forças do patronato:

Cagada-demorada-remunerada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s